PROCURA-SE: Ex-secretário de Prevenção à Violência Jardel Aderico é o mais novo foragido da Justiça

Após os Ministérios Públicos (MPs) de Alagoas e da Paraíba estarem trabalhando em uma série de cumprimentos de mandados de prisão e busca e apreensão no Nordeste, o ex-secretário de Prevenção à Violência do governo de Renan Filho, Jardel Aderico, está sendo procurado pela polícia para ser preso.

Jardel está foragido, sendo procurado em todo o país. Segundo o MP, o ex-gestor está fora de Maceió.

A OPERAÇÃO

Chamada Calvário V, a operação foi desencadeada, na manhã desta quarta-feira (9), para combater desvio de recursos públicos estaduais, corrupção e lavagem de dinheiro, em João Pessoa/PB, Santa Rita/PB, Mataraca/PB e em mais 04 (quatro) estados.
Participam da operação Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO/MPPB), pela Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (CCRIMP), Controladoria-Geral da União (CGU), pelo Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o apoio dos Ministérios Públicos dos Estados de São Paulo, Alagoas e Paraná.
O grupo é responsável pela prática de diversos atos de corrupção como lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos em contratos firmados com as unidades de saúde e educação da Paraíba e cujos valores ultrapassam R$ 1 bilhão.
Em Alagoas, além de Jardel Aderico, esta sendo cumprido outro mandado de busca e apreensão.
A 5ª fase da operação visa cumprir diversas ordens emitidas pelo Desembargador Relator Ricardo Vital de Almeida do Tribunal de Justiça da Paraíba, que atendeu a requerimento do Ministério Público Estadual e determinou a expedição de 03 (três) mandados de prisão preventiva em desfavor de Ivan Burity de Almeida, Jardel Aderico da Silva e Eduardo Simões Coutinho.
Botão Voltar ao topo