Presidente do CREA-AL critica remuneração de engenheiros no serviço público: “vergonhoso”

O Parlamento alagoano prestou homenagem ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (CREA/AL) que comemorou 50 anos de fundação. Na sessão o presidente do CREA/AL Fernando Dacal agradeceu a homenagem recebida do Poder Legislativo, mas fez uma crítica ao poder público.

Para ele, receber a  homenagem da casa foi de fundamental importância para a instituição, no entanto lembrou que para valorizar a classe é preciso de melhores condições de trabalho e salários.

“Não pode se desprezar um engenheiro, não pode se desprezar um médico, não pode se desprezar um agrônomo”, cobrou Fernando Dacal, reforçando ser “vergonhoso” um engenheiro ganhar menos de R$ 3 mil no serviço público.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo