Vereadores de Arapiraca querem anular eleição legislativa por inconstitucionalidade

Foi noticiado ainda no final de semana, que a maioria dos vereadores da Câmara Municipal de Arapiraca está disposta a tentar anular a eleição da Mesa Diretora para o próximo biênio.

O pleito, realizado no em maio de 2017, contou com a participação de todos os parlamentares, que aclamaram por unanimidade a chapa encabeçada pelo vereador Léo Saturnino.

A escolha só ocorreu após mudança no regimento da casa, uma vez que aconteceria apenas em 01 de janeiro de 2019. Com a alteração, a eleição pode ter sido realizada ano passado.

Agora, ápos mais de 1 ano, 11 vereadores querem anular o pleito, com a argumentação de inconstitucionalidade. Por outro lado, Leo Saturnino e os demais membros da Mesa Diretora escolhida reafirmam que a eleição foi feita de maneira legal e justa, e insinuam que a reclamação não passa de uma articulação do prefeito Rogerio Teófilo para tentar comandar o legislativo arapiraquense.

 

  • Com Sete Segundos
Botão Voltar ao topo