Autuado por crime ambiental secretário de saúde é levado para delegacia em Palestina

O secretário de Saúde de Palestina foi autuado por crime ambiental e encaminhado para a delegacia nessa terça-feira (6). Foi constatado durante fiscalização que a Unidade Básica de Saúde da cidade armazena produtos nocivos à saúde humana e ao meio ambiente e por isso deve pagar R$ 17 mil em multas.

O secretário assumiu os problemas na unidade , já que não requisitou ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) uma licença para o funcionamento do posto.  A Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco, diz que a unidade de saúde funcionava sem projeto contra incêndio e pânico, com extintores fora do prazo de validade e não possuía o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde (PGRSS), nem o Programa de Risco Ambiental (PPRA).

Botão Voltar ao topo