Bugueiros acusam prefeito de Cajueiro por fechar estrada de acesso a rota turística

Após o fechamento de parte da AL-201, próximo ao município de Maragogi, membros das Associações de bugueiros da cidade se revoltaram e realizaram um protesto na via, que parece ter sido fechada com uma cancela pelo prefeito de Cajueiro, Palmery Neto, dono de um terreno próximo a estrada.

Além da porteira, foi colocada um cerca que bloqueia um dos acessos à praia de São Miguel dos Milagres. Em vídeo, os bugueiros denunciam a situação e pedem providência das autoridades de órgãos federais, já que atrapalha a atividade comercial deles. Além disso, segundo os homens, a área é propriedade da União e por isso não deve ser modificada por terceiros.

“A estrada vem de lá de trás, que é uma estrada centenária que deveria ser tombada pelo patrimônio cultural do Estado de Alagoas e pelo município de Maragogi (…) e o pessoal compra um terreno e faz um absurdo desse: cerca e coloca uma porteira na estrada centenária. Há uma cerca beirando a praia. Ela está totalmente irregular. isso aqui está fechando o acesso ao patrimônio da União”, disse um deles em tom de desabafo.

Cerca de  200 bugueiros estariam com o trabalho comprometido, por conta da irregularidade que afetou todo trajeto usado por eles, junto com a Rota Verde. Na manhã de hoje, diversos trabalhadores incendiaram pneus, galhos de árvores e cobraram providências.

 

 

  • Com informações Blog do Bernadino
Botão Voltar ao topo