Ronaldo Lessa recorre de inelegibilidade e desmoraliza TRE de Alagoas

O deputado federal Ronaldo Lessa (PDT), que tenta a reeleição, conseguiu o deferimento de sua candidatura no Supremo Tribunal Federal (STF).
Em Alagoas, a Justiça Eleitoral julgou Lessa como inelegível por causa de uma condenação por danos morais, o que o fez cair na Lei da Ficha Limpa.
Na ocasião, Lessa esbravejou e criticou os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL). Após as declarações do deputado, o pleno do TRE rebateu dizendo que Lessa era “doente” e “vitimista”.
Porém, o ministro Luiz Fux suspendeu os efeitos da condenação do deputado federal “para fins de elegibilidade”, anulando na prática a decisão do TRE de Alagoas.
Botão Voltar ao topo