Professores se revoltam por falta de salários e batem boca com secretário em Maragogi

Os professores da rede municipal de Maragogi reivindicaram durante reunião na Câmara de vereadores, o pagamento dos salários, férias e disseram estar passando por humilhação, nesta quinta (23).

Uma das profissionais na área, a professora Madalena, chegou a bater boca com o Secretário da Educação, Emanoel Estelita.

“ Se não desse para pagar era só dizer, agora vai para a praça pedir cesta básica para professor, gente pelo amor de Deus”, reclamou ela alegando ter que optar pela aposentadoria para não passar necessidade.

Os professores pedem também pelo cumprimento do Plano de Cargo e Carreiras. Sobre esse caso, uma professora disse que antigamente o dinheiro existia em Maragogi e que não se fazia porque não queria.

“Todos são testemunhas que o atraso do aposentado só existiu no ultimo ano da gestão anterior, e você sabe porque é professor. Tinha dinheiro pra tudo e o prefeito não pagava”, disse uma delas.

A professora Joelma também debateu a pauta, ela perguntou ao secretário que estava presente na reunião, o que ele iria fazer para evitar paralização das aulas, e se seria possível a instalação de ar condicionado nas salas, já que tanto a climatização quanto a merenda é uma questão básica.

O secretário por sua vez, disse que não tinha os números da folha e que ficava o dia todo na secretaria sem fazer sua parte, porque não passavam a informação, por isso o aumento não pode ser concedido, já que sem os valores da folha, seria impossível organizar um novo piso salarial.

Veja vídeo:

 

Botão Voltar ao topo