Alagoano Luan atinge marca histórica

Quando entrou em campo no empate sem gols contra o Tupi, neste domingo(25), em Juiz de Fora, pelo Campeonato Mineiro, aos 24min do segundo tempo, no lugar de Róger Guedes, Luan alcançou uma marca histórica com a camisa do Atlético. Um dos ídolos da torcida, que carinhosamente o chama de ‘Menino Maluquinho’, em alusão ao personagem criado pelo cartunista Ziraldo, ele completou o jogo de número 200 pelo clube, que o homenageou nas redes sociais.

O Atlético usou as plataformas digitais para prestar uma homenagem a Luan. Um vídeo postado no canal da TV Galo no YouTube mostrou as várias fases do jogador desde a chegada ao clube, em 2013. O Alvinegro deu os parabéns ao ídolo e usou a hashtag #luan200 para comemorar a marca histórica.

Luan, de 27 anos, natural de São Miguel dos Campos, em Alagoas, foi revelado pelo Atlético Sorocaba, no interior paulista, passou por Comercial-SP, Basel (Suíça) e Ponte Preta, antes de ser contratado pelo Atlético em 2013. Alagoano de São Miguel dos Campos, o Menino Maluquinho logo conquistou a torcida com seu espírito de luta e superação, contribuindo para os títulos da Copa Libertadores (2013), Copa do Brasil e Recopa, ambos em 2014, quando fez o gol que eliminou o Flamengo em virada épica no Mineirão – 4 a 1. Ele ainda foi campeão mineiro três vezes, em 2013, 2015 e 2017.

Luan passou por um momento delicado no Atlético, em 2016, quando foi submetido a cirurgia no joelho direito para corrigir problemas no menisco e na cartilagem. Ele voltou a jogar depois de três meses e meio, mas convive com seguidas lesões e é acompanhado de perto pelo departamento médico, com um programa especial de tratamento preventivo. Em 200 partidas pelo Gao, o Menino Maluquinho balançou as redes 39 vezes.

Fonte: Alagoas Web
Botão Voltar ao topo