Governo de AL vai dobrar capacidade de investimentos da Casal em 2018

O governador Renan Filho e o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Clécio Falcão, assinaram, na manhã desta segunda-feira (13), em Passo de Camaragibe, a ordem de serviço para a recuperação do reservatório apoiado de água tratada do município, situado no Litoral Norte.

Em entrevista, Renan Filho revelou que deseja, em 2018, dobrar a capacidade de investimentos da Casal, que para este ano conta com R$ 100 milhões no Plano de Investimentos em obras executadas em todos os 77 municípios onde o serviço de saneamento é operado pela Companhia.

“Já conversei com o presidente e se a Casal tiver condições de investir mais do que isso, nós vamos trabalhar para viabilizar essas condições. Hoje, a Casal é uma empresa que faz investimentos também. Isso é muito significativo, porque historicamente, a Companhia não os fazia”, afirmou o governador.

O serviço de recuperação do reservatório de Passo de Camaragibe terá um investimento de mais de R$ 136 mil – recursos oriundos do Plano de Investimentos da Casal. A obra consiste na retirada de fissuras e pequenos vazamentos, impermeabilização, recuperação da laje de coberta e pintura do reservatório. “Trata-se de um serviço que vai proporcionar estabilidade e segurança ao reservatório, evitando a contaminação da água, melhorando a qualidade do líquido distribuído à população”, explicou Clécio Falcão.

De acordo com ele, o serviço evitará, ainda, a perda de água, bem como o surgimento de rachaduras ou até um rompimento da unidade. A previsão é de que as obras durem cerca de 60 dias. A Companhia atende cerca de 8 mil moradores em Passo de Camaragibe com água tratada. A cidade conta com 2.063 ligações ativas e recebe uma média de 29.702 metros cúbicos por mês.

Plano

O Plano de Investimentos da Casal prevê para este ano o montante de R$ 100 milhões, sendo R$ 50 milhões de recursos próprios da Companhia e outros R$ 50 milhões de recursos do tesouro estadual.

No próximo ano, a Casal investirá R$ 1,8 milhão só em Passo de Camaragibe em obras de melhoria da Estação de Tratamento (ETA), ampliação de rede e construção de um novo reservatório.

Botão Voltar ao topo