Cristiano Matheus pode ser preso após dar calote em ex-companheira

A publicitária Mayane Souza pediu a prisão do ex-prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus, após o não pagamento de pensão relativa aos últimos três meses na ordem de R$ 11.616,34.

O pedido foi protocolado na última sexta-feira, 13,  junto ao 4º Juizado da Violência Doméstica e Familiar. A ex-companheira de Matheus relata à Justiça a necessidade de recebimento da pensão, levando em conta que seu filho é recém-nascido. Além disso, está no período de licença gestante, o que a impossibilita de trabalhar.

A defesa ainda argumentou que Cristiano Mateus não possui outros dependentes financeiros, visto que a outra filha já alcançou a maioridade, bem como a independência financeira.

Embora tenha pago um valor parcial de R$ 1.200, Cristiano não honrou com o restante da pensão, cujo valor total é R$ 5 mil. Portanto, o valor restante e acrescido dos juros chegaria a R$ 11.616,34.

O advogado de Matheus, Fábio Ferrário informou que o ex-prefeito, “por princípios éticos e por ser um assunto de família, não irá se pronunciar acerca do assunto”.

Botão Voltar ao topo