Seis municípios recebem profissionais do ‘Mais Médicos’

Sete profissionais brasileiros do programa “Mais Médicos”, que se formaram no exterior, começaram a trabalhar na atenção básica de seis municípios alagoanos nesta segunda-feira (9).

Eles estão lotados nos municípios de Carneiros, Maravilha, Penedo, São José da Tapera, Taquarana e Teotônio Vilela.

Todas as cidades receberam um médico, exceto Taquarana, que recebeu dois. Com estes, 800 municípios brasileiros foram contemplados com os profissionais.

Em Alagoas, 221 médicos já trabalham pelo programa do Ministério da Saúde. Somado com os profissionais com diplomas do país, 8.316 brasileiros fazem parte do “Mais Médicos”.

Segundo o Ministério da Saúde, o número de médicos brasileiros participantes do Programa Mais Médicos aumentou 44% em menos de um ano.

“Este momento é importante para o Brasil e para os brasileiros. Estamos avançando e tenho certeza que vamos oferecer mais qualidade na saúde e na atenção básica com a participação desses novos profissionais no programa Mais Médicos”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Os novos médicos participaram de oficinas educacionais sobre temas diversos, como legislação referente ao Sistema Único de Saúde (SUS), protocolos clínicos de atendimento do SUS, língua portuguesa e código de ética médica, além de realizarem uma avaliação de conhecimento, necessária para a aprovação dos participantes.

O programa que foi criado em 2013 ampliou à assistência na atenção básica fixando médicos nas regiões com carência de profissionais. Ao todo, ele conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), levando assistência para cerca de 63 milhões de brasileiros.

Do total de médicos participantes, 47,1% são profissionais da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), 45,6% brasileiros formados no Brasil ou no exterior e 4,16% intercambistas estrangeiros. As demais vagas serão abertas para reposição, segundo o ministério.

Botão Voltar ao topo