Servidores da educação de Maceió fazem ato por reajuste salarial

Servidores da Educação de Maceió realizaram, na manhã desta quarta-feira (27), um ato na frente a prefeitura municipal, no bairro de Jaraguá, para cobrar reajuste salarial.

Por meio de nota, a Semed disse que desde o último mês de janeiro existe uma mesa de negociação com o Sinteal. A pauta agora está no Tribunal de Justiça, onde já ocorreu uma reunião.

Além disso, informou que outro encontro está marcado para o dia 5 de outubro. “A Semed reitera que não há descumprimento de acordo com o Sinteal e ressalta que as negociações com a categoria estão em curso”, diz um trecho da nota.

Por sua vez, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) informou que a mobilização faz parte da campanha salarial que começou em janeiro deste ano.

A categoria pede um reajuste de 7,64% no piso salarial, que é o percentual do piso nacional anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) no dia 12 de janeiro.

O Sinteal confirmou que estão acontecendo rodadas de negociação, mas afirma que nenhuma proposta foi feita pela administração municipal.

Negociação

Em julho deste ano, a categoria deflagrou greve, mas a Justiça decretou ilegalidade. O Sinteal afirma que a prefeitura se comprometeu em mostrar a folha de pagamento da categoria para avaliar junto com eles um reajuste possível, mas nada foi feito.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo