Governo autoriza convocação da Reserva Técnica da PM de 2012

O governador Renan Filho (PMDB) assinou nesta terça-feira (15) a autorização para que sejam convocados 56 integrantes da Reserva Técnica da Polícia Militar, que aguardavam convocação desde a aprovação do concurso para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado em 2012.

Agora, o Comando da Academia da PM vai fazer o cronograma, convocar os aprovados para a fase de investigacão social e só então dará início às turmas.

A categoria cobrava a convocação há anos, com diversos protestos. Durante a campanha eleitoral em 2014, essa foi uma das principais propostas do governador, mas no ano seguinte ele afirmou que antes precisava adequar as contas do estado à Lei de Responsabilidade Fisical (LRF) e os aprovados tiveram que esperar.

“Convocar policiais é importante para Alagoas. Por concurso público, já convocamos professores, médicos, policiais, são essas três áreas – educação, saúde e segurança – as três principais necessidades do nosso povo”, disse Renan Filho durante solenidade no Palácio República dos Palmares nesta manhã.

Acompanhado do secretário de Segurança Pública, coronel Lima Junior, o governador deu as boas vindas aos futuros oficiais da PM.

“Os senhores vão comandar uma polícia diferente, uma polícia que paga melhor o seu profissional e contrata o policial em dia de folga. Hoje a gente aplica R$ 1 milhão, entre 5% a 10% do valor da folha de salário da corporação, para trabalhar no dia de folga”, disse o governador fazendo referência ao Programa Força Tarefa.

Em dezembro de 2015, o estado já havia convocado os aprovados para o Curso de Formação de Praças (CFP), do mesmo concurso. A turma de 800 novos soldados se formou em maio deste ano.

“É uma felicidade muito grande, depois de 4 anos de luta, sempre indo atrás dele [governador], hoje a sensação é imensurável”, falou um dos aprovados no concurso para CFO, Igor Rocha.

Botão Voltar ao topo