Governo e Caixa entregam conjunto habitacional para vítimas das enchentes

O governo de Alagoas e a Caixa Econômica Federal iniciaram, nesta segunda-feira (5), na cidade do Pilar, uma série de entregas de conjuntos habitacionais que deverão beneficiar vítimas das chuvas que caíram sobre o estado nas últimas semanas.

Além da população do Pilar, devem receber imóveis do programa “Minha Casa, Minha Vida” moradores dos municípios de Maceió e Marechal Deodoro. A construção de novas unidades também foi autorizada pela Caixa na cidade de Quebrangulo.

A ideia, segundo o governador Renan Filho, é acelerar a entrega de conjuntos que estão prontos ou na iminência de serem concluídos. O governo, em parceria com a Caixa, quer dar celeridade no atendimento às vítimas das cheias em Alagoas.

“[A entrega] representa uma ação rápida, uma ação imediata após as fortes chuvas. Nós fizemos uma articulação para observarmos onde tinha casa pronta ou bem próxima de ser entregue. O Pilar era um município, mas já fizemos o mesmo em Marechal Deodoro e vamos fazer o mesmo em Maceió”, ressaltou Renan Filho.

De acordo com o governador, cerca de 30% dos contemplados com os imóveis foram, de alguma forma, atingidos pelas chuvas das últimas semanas. Ele ressaltou, no entanto, que deverá levar um relatório para Brasília na próxima semana.

“Nos últimos anos, nós entregamos 15 mil casas. Na próxima semana, estou levando um relatório consolidado o relatório dos danos causados, para fazer um pedido global para todos os municípios onde houve destruição”, observou.

201706051033_b43964a8f4
Governador e presidente da Caixa entregam chaves para famílias

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, afirmou que o espaço entregue nesta segunda conta com a estrutura necessária para dar qualidade de vida aos moradores e afirmou que a cidade do Pilar deve ser contemplada com mais um conjunto habitacional.

“Aqui tem calçamento, água tratada. Muita gente aqui paga aluguel, vive de favor, mora em locais de risco. Mais de 80% dessas famílias vai pagar R$ 80. Vamos construir outras casas no Pilar, para as pessoas que ficaram desabrigadas”, ressaltou Occhi.

Na oportunidade, ele anunciou que quem recebe o Bolsa Família nos municípios atingidos pela chuva poderá sacar o dinheiro no dia 19. “Não haverá calendário esse mes. As pessoas dos locais mais atingidos também poderão sacar o fundo de garantia e os empresários que tiverem empréstimo na Caixa terão carência de 90 dias”.

Centenas de pessoas compareceram à solenidade de entrega das casas
Centenas de pessoas compareceram à solenidade de entrega das casas
Botão Voltar ao topo