Anonymous expõe dados de Michel Temer e do ministro Maurício Quintella

Nem mesmo o ministro dos Transportes, o alagoano Maurício Quintella, escapou do movimento anti-corrupção do grupo Anonymous, que divulgou os dados pessoais do presidente Michel Temer, da primeira-dama Marcela Temer e de outros ministros. A ação do grupo virtual ganhou a mídia nesta segunda-feira, 22.

O relatório enfatiza que Quintella foi condenado, em agosto de 2014, por participação em um esquema que desviou dinheiro destinado ao pagamento de merenda escolar em Alagoas, entre 2003 e 2005, quando era secretário de Educação do Estado.

Ainda segundo os dados, o ministro tem sete endereços na capital, sendo nos bairros Jacintinho, Pajuçara e Mangabeiras. Os hackers  divulgaram também os telefones pessoais do ministro e de parentes.

Operação Fora Temer

Por meio de uma operação batizada #OpForaTemer, a Anonymous postou todos os dados sensíveis em um Ghostbin. Para acessar estes dados basta acessar esse link, e inserir a seguinte senha: @[email protected] Sobre os dados sensíveis, o documento postado mostra desde o nome completo, CPF, CNS, datas, parentesco até emails, números telefônicos, endereços residenciais e de trabalho, carro utilizado com placa e negócios (bens, ações e empresas).

Botão Voltar ao topo